minuto

Do primeiro minuto aos minutos de agora

O telefone toca…
Duas novas mensagens.
Era ela, temos um encontro!

Enfim chegou o dia.
Os caras sempre falam das mulheres,
mas que cara nunca pensou em que roupa vestir
no primeiro encontro com a amada?
Ou o que fazer quando estiver com ela?

Enquanto tomo banho, planejo minha chegada até a sua casa.
Faço uma surpresa? E que tal propor novos planos?
Aos invés de irmos ao cinema, porque não um programa ao ar livre?

( … )

É isso!
Lembro que uma vez ela comentou que curtia um
barzinho com música ao vivo, pra poder curtir e dançar.
Mesmo correndo o risco de me ver “dançando profissionalmente”,
é pra lá que nós vamos depois que o filme terminar.

Determinado, saio de casa.
No caminho me faço a pergunta:
o que dizer a ela quando a encontrar?

Cara, fudeu!
Tudo me parece tão clichê…
Se bem que, quando estamos juntos,
assunto que não falta, mas sabe, queria tentar impressionar.
Bem, depois de nos cumprimentarmos, posso perguntar a ela
da novidade no programa em que pensei em sugerir e perguntar
qual o bar favorito, pois é pra lá que nós vamos!

É isso!

Alguns minutos depois, chego na sua casa.
Te mando uma mensagem, avisando que já estou no
seu portão.

Estava tudo preparado, até que você aparece.

… wow!

Que sorriso é esse?
Eu gosto da sua forma particular de ajeitar o cabelo,
seu jeito, te torna uma mulher única.
Aquela que me faz suspirar, me deixar com cara de bobo.
E quanto mais você se aproxima, mais cara de bobo eu fico.

Você abre o portão,
seguro sua nuca, deixando minhas mãos entre seus cabelos,
te beijo…

E, puuuuts! Que beijo!
Sabe, não é pra querer te agradar, mas teu beijo o melhor
que já pude desfrutar.
Todo aquele sentimento que já tenho por você,
deixa este momento mais que agradável.

… te dou um abraço, pergunto sobre o seu dia,
ela fecha o portão e diz:

– “vamos a pizzaria?”
– “claro meu anjo!”

( … )

Já pela madrugada,
te deixo em casa, nos despedimos
e me sobra aquele sentimento de uma noite
simplesmente fantástica.

E, pera!
Acabo de me lembrar que nada do que havia planejado aconteceu.
Mas sabe? Eu não planejei me hipnotizar pelo teu sorriso…
Ainda bem, pois foi maravilhoso!

Acho que você não faz ideia o quanto te admiro.
Ver você ali, me faz sentir a pessoa mais importante do mundo,
ta, ficou bem clichê, eu sei, mas eu tenho uma grande e incrível
missão: te fazer feliz.

Tem coisa melhor?




um pra ca

Um pra cá, um pra lá

Em um momento pude ver em você,
tudo o que sonhava em uma mulher para minha vida.
Você me correspondia com teus sorrisos,
mensagens de bom dia e boa noite…

Acho difícil alguém entender a nossa história,
na verdade, mal consigo entender também.

Tivemos uma relação de amizade cheia de amor,
cheia de intenções, desejos e cumplicidade.

Sempre dediquei todo meu carinho por você,
pude fazer sacrifícios, me guardar durante meses,
por um caso mal resolvido de amor.

Me iludi.
Levei tudo muito a sério,
achei que toda aquela felicidade e toda reciprocidade
era verdadeira.

Não sei dizer se o que você sentiu foi paixão ou amor.
Mas posso dizer que te amei.
Mentiria em dizer que eu não te amo.

Sempre que me lembro de você,
imagino como seria nós dois juntos.

( … )

Puuuts, meu!
Tem noção do que fez com meu coração?
Sabe, tem coisas que não foram feitas para brincar.
Você entrou nele com uma intensidade absurda!
Alimentou todas as minhas esperanças,
me fez escravo de uma esperança.

E de repente você foi embora.
Disse que tudo não passou de um engano.

Engano!?

Como me doeu lembrar do teu aniversário e não
poder te dar um abraço.
Como me doeu estar na sua frente
e não saber se poderia trocar um simples olhar.

Eu poderia te dar o mundo.
O mundo que você sonhou ao lado de um amor.

Meses se passam e você volta para mim.
É estranho, sabe… ter a pessoa de volta para a minha vida,
saber que um dia tudo fui muito intenso entre nós dois
e agora não conseguimos manter um diálogo de 2 minutos.

Mesmo você ai,
de cá, ainda tenho todo aquele amor.
De cá, sou um cara tentando decifrar todo seu enigma.
De lá… bem, eu não sei.

Só sei que se antes corria atrás, hoje estou a frente.
Você me fez enxergar que quanto mais eu me apego a uma pessoa,
mais dor eu posso sentir.

Hoje, sou um cara livre.
Livre de ilusões que um dia você criou.

Se hoje eu ainda te amo,
foi porque todo o amor que senti foi sincero.
Mas amigos também amam.
Novos amores se aproximam.
Verões começam e terminam.

Por muito tempo achei que não poderia viver sem você.
Não faz muito tempo, me lembrei que já vivi sem você antes de te conhecer.
Hoje, tenho em minhas lembranças momentos incríveis como momentos horríveis,
que me fizeram seguir em frente com novas experiências.

De cá, eu percebi que para ser feliz, basta me querer feliz.
De lá… bem, deixa pra lá…




No more posts.